Quinta-feira, 30 de Abril de 2009

QUERIDA MARTA

04MAR09

 

Voltaste a ter alta do IPO,terminaste o 2º ciclo de quimioterapia,recebemos-te na nossa casa,para onde voltaste alegremente.Estás com menos cabelo,a Mãe disse que as enfermeiras perguntaram se queriam que te rapassem a cabecinha totalmente porque talvez ficasse mais bonito do que estas esparsas penugens.Respondeu que não e acho que fez bem:pareces um pintainho ou um bébé,mas gosto mais de te ver assim.

Encheste a casa com a tua alegria,na ignorância da gravidade da doença,mas foi muito difícil tomares o antibiótico indispensável à tua cura.Foi precisa uma boa meia-hora para que o Pai te convecesse com argumentos fortíssimos:"Marta,não queres que o cabelo te cresça?Se queres tens que tomar o remédio";"Marta,não queres curar-te,queres ir para o Hospital?". Com muita "demagogia",paciência e amor lá te convenceste a tomar aquela horrível mistela e,logo a seguir,um copo de água e um chocolate para tirar o gosto...

 

Foi bom voltar a ver-te a brincar com a Rita,fazer colares e pulseiras com fios e missangas,entre abraços,beijos e ,de vez em quando,um ou outro arrufo.Este foi também o dia em que tinhas à espera uma prenda de que gostaste muito:um pequeno computador pessoal "Magalhães" onde testas as tuas comprovadas aptidões para as novas tecnologias.

 

Continuas a não querer que se fale da tua doença diante de ti,mal te apercebes de qualquer frase alusiva disparas um categórico"caluda" ou"falem das vossas coisas". O que irá na tua cabecinha para tomares essa posição? Será que interiorizaste a gravidade da doença? É apenas uma questão de pudor pessoal?

 

Continuamos a sofrer com a fragilidade evidente do teu corpinho em contraste com a vivacidade do teu espírito,és uma menina maravilhosa que ajudaremos até aos limites das nossas capacidades.

Hoje,antes de teres alta,foste de novo sujeita a uma punção na medula para retirada de amostras e injecção directa de medicamentos debaixo de anestesia geral.Como tens sofrido!Um verdadeiro caminho de santificação!

publicado por avorui às 21:58
link do post | comentar | favorito
|

QUERIDA MARTA

01MAR09

 

Este ciclo de tratamentos é mais suave do que o inicial,que foi violentíssimo.Embora no primeiro dos três dias,tivesses ficado prostrada e com febre,hoje estás toda rebiteza e,mesmo,com algum apetite.São três dias de tratamento e voltarás para casa nos três dias seguintes,dependendo do teu estado geral.

Todos estamos desejando o teu regresso para que estejas no ambiente familiar,que te permite conviver com os dois pais,com a tua irmã,com os avós e com todas aquelas pequenas grandes coisas que são o teu habitat normal.Depois,provávelmente,terás novo ciclo de tratamentos daqui a um mês,e julgo que assim continuará com essa periodicidade mensal até ao momento do transplante,como exige a natureza da tua doença.

 

A Rita foi visitar-te ,o que foi muito bom para as duas,e trouxe-te uma prenda que adoraste:um enorme saco de pipocas,que comeste com sofreguidão,menos aquelas que a Mãe Sofia te pediu(também é gulosa por isso),bem como a Ritinha e a Avó Lu.

 

Fosre com a Mãe dar o teu banho,e é comovente como já achas natural ir pelo corredor com o teu"Bobby" atrás...Já faz parte de ti.O teu "Bobby" é aquele carrinho que suporta os sacos cheios de droga que são injectadas pelo cateter e que se tornou um acessório do teu corpinho...O teu banho tem que ser dado com muito cuidado para não molhar o penso do cateter,mas isso a Mamã faz melhor que ninguém.Sabes,usas também um pequeno soutien que serve para diminuir as possibilidades de o cateter se deslocar,o que seria um grande problema.

 

Provávelmente,nos próximos dois ou três dias voltarás para casa.Longo,difícil e penoso,será que daqui a um ano este processo faz parte das coisas para recordar mas que já se ultapassaram,e se ultapassaram bem?

publicado por avorui às 15:16
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Quarta-feira, 29 de Abril de 2009

QUERIDA RITA

28FEV09

 

Esta é uma prova de fogo para a tua e nossa Marta,mas para ti tem sido também uma difícil provação.Além de estares separada da irmã que tanto amas(apesar das pequenas questiúnculas em que todos os irmãos incorrem...),vês-te privada da companhia dos Pais que raramente estão juntos,agora que a tua Mãe está grávida de 8 meses.Ficaram para trás os pequenos -almoços e jantares a quatro,no meio de uma salganhada barulhenta,como ficaram para trás os fins de semana fantásticos em que os quatro iam de bicicleta passear para o paredão da marginal,almoçar num restaurante da linha,petiscar as pizzas,ou lanchar na "Garrett" os teus adorados "palmières".Coisas simples e banais de família a que só se dá justo valor quando se perdem,quantas não continuam a fazer esses rituais e julgam-se infelizes...

 

Hoje,primeiro dia do segundo internamento da Martinha,estava a Mãe na sua escala junto dela no Hospital,o teu Pai preparava-se,cerca das 20h,para ir rendê-la,viveste mais uma das cenas que fazem parte desta história de amor e sofrimento:não querias ficar sem o Pai,a presença dos Avós,se bem que querida,devia dar-te uma sensação de orfandade.Choraste,com lágrimas sentidas,agarradinha a ele,e só depois de muitos beijos e explicações(a Mãe ainda não jantou,amanhã venho outra vez,...) te acalmaste um pouco.Não precisávamos nada da doença da Marta para vermos em ti uma criança tão ternurenta!Sempre transmitiste esta imagem,meu anjo e minha querida netinha.

 

QUERIDA  MARTA

 

Acabei de vir de ti.Estás estoica,inteligente,sagaz como nunca.Mas como resistir a esse ataque terrível de quimioterapia sem fraquejar?É impossível.Estavas prostrada,deitadinha,zangada.Há 24 h eras a criança eufórica que todos adoramos,hoje continuas com a tua viva inteligência,mas com a febre a 38,2,as drogas a correrem-te nas veias.Não és tu,é o teu corpinho drogado a defender-te da doença.

Não queres comer,só com a Mãe ou com o Pai.Não queres fazer chi-chi,só com a Mãe ou com o Pai.Mas queres ouvir histórias,histórias infinitas como sempre gostaste.Gostaríamos de te contar uma história,a história da menina que venceu o destino.É  o  que estou a fazer,uma história com final feliz.

 

Vais  estar 3 dias em tratamento,hoje é o segundo dia,três dias a quimioterapia,antibióticos e outros palavrões.O teu cabelinho ralo é a evidência da tua doença.Não é justo,não é mesmo justo.Amanhã,cerca das 22h,acabas este ciclo,depois podes regressar a casa nos três dias seguintes,depende da tua reacção,vamos aguardar pelo veredicto dos médicos.

A estadia no IPO torna a vida mais difícil para todos:em primeiro lugar para ti,é sinal de doses altíssimas de quimio ;depois para a Rita que sente a tua ausência e anda confusa com o teu processo;depois para os teus Pais,um deles tem que estar sempre junto de ti,sofrendo o teu e o sofrimento deles,para além do problema menor de tantos compromissos e afazeres profissionais sucessivamente adiados.E para todos nós porque é o símbolo vivo da tua doença que  às vezes queremos ainda não passar de um mau sonho.

 

Os médicos têm sido fantásticos.Aqueles valores que às vezes dizemos estarem erradicados da vida moderna viemos aqui encontrá-los.Os médicos,as enfermeiras,os voluntários:são os anjos do nosso século nesta tua doença.Embora sempre um pouco evasivos quanto ao futuro(em boa verdade,eles também não têm certezas),se há alguma coisa a reter com alegria  deste drama da tua vida é o reconhecimento de que sem esta equipa de pessoas tão fantásticas,tão solidárias,tão amigas,tão profissionais,tudo seria ainda mais difícil.Como é possível que num qualquer 10 de Junho,onde se entregam medalhas por tudo e por nada,os Presidentes ainda não se tenham lembrado de premiar,com uma referência que seja,este batalhão de profissionais que fazem a simbiose perfeita entre o amor,o profissionalismo e a solidariedade?

 

 

publicado por avorui às 17:44
link do post | comentar | favorito
|

QUERIDA MARTA

26FEV09

 

"Estamos de parabéns,entrou em remissão,é internada hoje à 19h para novo tratamento de quimioterapia.Remissão,Parabéns".

Sabes quanto vale para ti esta mensagem que o teu avô recebeu ao meio-dia?Talvez a vida! E para nós,que tanto te queremos,aquela sensação de infinito que não é possível descrever-te.

 

A tua Mãe recebeu por volta das 11h o telefonema da médica.Muito querida não perdeu tempo em preâmbulos,sabia a angústia da tua Mãe,e iniciou o telefonema assim:"Tenho boas notícias da Marta,entrou em remissão".Ao almoço festejámos com alegria esta grande vitória.Embora sabendo que não é definitivo,foi muito importante:se não se verificasse a remissão,terias que te sujeitar a uma nova vaga de tratamentos e de resultado incerto.Assim,parece que caminhamos num planalto e que deixámos de subir a montanha.No fim do planalto,encontraremos a descida?

 

Quando te ouvimos e vemos agora é impossível não acreditar nisso.Hoje descobrimos-te as faces rosadas(há quanto tempo não as víamos?) e ouvimos as tuas célebres conversas que espantam meio-mundo,vindas de uma criança de quatro anos:"É VERDADE QUE O EXAME DISSE QUE NÃO HÁ CÉLULAS MÁS?" .  Apanhas tudo no ar e aplicas os conhecimentos de forma correcta!E quando a Mãe te disse que a médica pedira para ires de novo para o Hospital hoje,às 19h,não fizeste nenhum sinal de enfado ou de recusa.Acho que percebeste que é necessário para a tua cura e que tu queres-te curar.E estavas tão contente,descontraída,alegre que até quiseste levar a trotinete para o Hospital.E levaste. E,no meio da euforia,ainda consegui arrancar-te uma fotografia ao meu colo,com um dos teus fantásticos chapelinhos.

 

Estamos muito optimistas e agradecidos à tua força e a tantas solidariedades que chegam de todo o lado.

publicado por avorui às 06:43
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Terça-feira, 28 de Abril de 2009

QUERIDA MARTA

25fev09

 

Voltaste hoje ao IPO para realizares um medulograma.Vamo-nos familiarizando com estes palavrões frios na sua terminologia científica...Antes de ires conviveste um pouco com a tua irmã que tinha um programa bem diferente: um passeio de barco com o avô João que hoje faz anos.Mas tu estás tão conformada com a tua doença,interiorizaste de tal maneira a necessidade de todos estes actos para que possas melhorar,que da tua boca não sai uma palavra de protesto.Faz-nos sofrer essa tua aquiescência consciente e responsável,a passividade com que te encaminhaste para o carro para ires ...para o IPO,sabendo bem para onde ias,e que ias ficar a dormir para que não te doesse."Não dói nada,pois não?" E nem a necessidade de ires em jejum gerou qualquer protesto,ali sentada à mesa durante o pequeno almoço da Rita.

 

Por volta das 12h30,quando fui ver-te ao Hospital já estavas sentadinha na cama,bebericando um qualquer sumo,uma sala compartimentada repleta de crianças como tu.No dia a dia do mundo que rola,estas realidades estão tão distantes!

 

Só amanhã,a partir das 11h00,saberemos o resultado da cirurgia que sofreste.É uma espera muito difícil:se a análise apontar para a remissão,significa um passo de gigante para as fases seguintes;caso contrário é um doloroso passo atrás,principalmente para ti que serás sujeita a novo tratamento de quimioterapia violentíssimo.Mas,olhando para ti durante toda esta tarde em que partilhámos os filmes do Bugs Bunny e as mil histórias de encantar não é possível pensar que o destino não te sorria amanhã.Como será bom ouvir a notícia:"Sim,houve remissão". Oxalá,minha querida pequenina.

música: q
publicado por avorui às 22:36
link do post | comentar | favorito
|

QUERIDA MARTA

23FEV09

 

Aleluia,Aleluia!Um representante da equipa médica disse à Mãe que as análises de hoje estavam óptimas,de tal modo que até ,ironizando,admitia que as drogas da quimioterapia estavam fora de prazo...disse-nos que os valores estavam como os de uma pessoa que não tivesse sido tão agredida como tu foste.É uma formidável mensagem de esperança,até porque os médicos costumam ser muito reservados quanto a palavras optimistas...A tua avó Lu telefonou logo para um médico da família à espera da confirmação de um futuro mais esperançoso mas não recebeu mais do que um seco"Calma,calma,ainda é muito cedo".

 

Passámos um dia tenso desde a tua saída para o IPO,às 11h,até que a Mãe nos deu a boa notícia pelo telefone.E,quando regressaste,vinhas animada,com apetite,alegre,faladora.Parece que prenuncias algo de bom.Deu mesmo para irmos passear um pouco na rua porque os médicos disseram que já podia ser,proibiram,no entanto,locais públicos fechados e contactos com animais.

 

A nota do dia é ,sem dúvida,esta lufada de esperança do resultado das tuas análises.Mas como não registar aqui a tua postura tão responsável,tão consciente,diria mesmo tão adulta,quando às minhas perguntas me respondes assim:

-Então agora já não ficas no Hospital,foste hoje e regressaste hoje?

-Pois...mas tenho que ir lá outra vez daqui a dois dias.

-Mas parece que o médico disse que já estavas melhor...

-Isso não sei,só sei que tenho de lá ir,não me disse que estava melhor.

Mas quem pode agora duvidar que tudo vai correr bem?Tinhas 4 ou 5 dias para sobreviver...sobreviveste;tinhas que ficar internada 5 ou 6 semanas...saíste às 4 semanas;as análises hoje foram óptimas.O Futuro é dia a dia,bem sei,e o próximo dia é na 4ª feira:vais fazer um medulograma cujo resultado saberemos na 6ª feira e é decisivo para ti,para todos nós:vai aí saber-se se há ou não remissão,palavra que aprendemos a recear e que significa que as células malignas continuam ou não a ser produzidas.Olhando para ti ,para a tua desconcertante alegria,ninguém cá em casa quer pensar noutra hipótese que não na famosa remissão. 

publicado por avorui às 10:16
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
|
Segunda-feira, 27 de Abril de 2009

QUERIDA MARTA

22FEV09

 

Hoje é dia de Carnaval...Temos passado este domingo em família e em casa.Tens brincado muito com a Rita, tens comido muito bem,estás contente e simpática.Por isso,sentimos uma dor no coração receando que o futuro não seja assim,a incerteza e o medo de ver esta tua alegria transformar-se num agravamento da tua doença.Mas depois lutamos contra isso,queremos acreditar,todos nos dizem,no calor da sua amizade,que a vitória é possível.E vai ser possível!

Estes três dias em que gozámos a tua presença em casa, e em que te vimos livre do ambiente hospitalar,souberam a umas férias em qualquer paraíso terrestre.Estás tão simpática,tão perspicaz! Ontem o Sporting ganhou ao Benfica por 3-2 e tu, minha querida leoazita,não te cansaste de explicar a toda a gente qual tinha sido o resultado.Já no Hospital,estava a transmitir na televisão um jogo do Sporting,que acompanhaste com o interesse que dedicas a tudo de que gostas,quando soou no Gabinete das Enfermeiras a compainha do teu quarto.A enfermeira falou pelo micro e perguntou o que desejavam.Tu disseste que querias o Pai,que tinha saído por momentos e,quando ele regressou,aflito,disseste-lhe,calmamente,no teu estilo maroto:Ó Pai,é para saberes que o Sporting ganhou por 2-0".

 

A tua cabecinha merece viver, vais ser uma grande mulher,vou fazer uma premonição: com a força que tens vais querer ser médica,irás tirar a especialidade de Oncologia Pediatra para salvar outras crianças e para estudares melhor a doença que tiveste.

 

Amanhã,às 11h30,tens que te apresentar no Hospital:fazer novas análises,marcar o dia do medulograma,fazer o penso do cateter que tu detestas por te fazer arder a pele..E,estranhamente,estás conformada,nem uma palavra de protesto em voltar a um sítio onde tanto tens sofrido.É como sentisses, na tua perspicácia,que é necessário para que te cures.Amamos-te tanto!

publicado por avorui às 15:58
link do post | comentar | favorito
|
Domingo, 26 de Abril de 2009

QUERIDA MARTA

20fev09

 

A Mãe acabou por te dar um ben-uron à noite para diminuir as dores.E hoje parece que não te ressentiste.Passaste o dia entretida nos livros de histórias e nos puzles.Quanto a mim,confirmei os contactos para,logo que nasça a tua irmã bébé,lá para Março,corra bem a entrega de que fui incumbido:o cordão umbilical da Sofiazinha no IPO e um tubo de sangue no Centro de Imunocompatibilidade,no Hospital Pulido Valente.É como se tivesse a preparar uma grande batalha onde nada dos preparativos pode falhar.É a minha carta a Garcia.O cordão umbilical da Sofia pode salvar-te,e vai salvar-te.

publicado por avorui às 10:49
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|

QUERIDA MARTA

19FEV09

 

Hoje é o segundo dia do teu regresso e o segundo dia de grande alegria para todos nós.Como a tua casa está em obras instalaste-te na casa dos avós maternos com os teus Pais e a Rita.Quiseram dormir as duas juntas porque estavam cheinhas de saudade.

A alvorada,o vestir,o pequeno almoço encheram-nos de alegria.E,como estavas esfusiante,olhámos para ti como se não estivesses tão gravemente doente.A diferença era do cabelito(tão pouco,tão poucochinho) e da tua magreza.Estás tão magrinha!

 

Durante a manhã fizemos desenhos,tu copiavas os meus e tinhas mesmo jeitinho.Depois chegou a tia Maria João com um livro de histórias que quiseste ouvir até ao fim e também te trouxe um chapéu novo,cor de rosa,de que gostaste muito.

Ao jantar...uma preocupação:começaste a queixar-te de uma dor no braço esquerdo,e voltou o alarme e o medo a todos nós. A Mãe telefonou logo para o IPO,mas a enfermeira foi evasiva e não havia nenhum médico que pudesse falar com a Mãe.Dor passageira e pontual?Alguma ameaça maior?À mínima coisa a nossa esperança na tua cura fica logo enfraquecida.

publicado por avorui às 10:30
link do post | comentar | favorito
|
Sábado, 25 de Abril de 2009

18FEV09

QUERIDA RITA

 

Hoje levei-te à escola,fomos,como é hábito,verberando os semáforos que ficam vermelhos à nossa passagem.Tu começas a contar 1,2,2 e meio...e...3,e,por qualquer razão mágica,o semáforo passa a verde antes de chegar aos três.No entanto,parece-me que tu balanças a contagem de modo a coincidir com o aparecimento do verde...

Antes de sairmos do carro para a escola,reparaste que eu tinha uma fotografia da Marta no carro e,deimediato,veio-te uma ideia à cabeça que concretizaste pedindo-me para a levares para a aula para a mostrar à Professora e aos teus amigos.Fizeste-o com manifesta alegria,claramente saudosa da tua irmã ,com quem vivias no dia a dia e agora se afastara da tua vida há quase um mês.

 

QUERIDA MARTA

 

O teu Pai ,ao fim da manhã,telefonou à mãe,eufórico:tu tinhas alta hoje!Dei boleia à Mãe e fomos ao IPO ouvir da médica os conselhos para a tua estadia  temporária em casa.Poucos contactos com crianças,não sair à rua,vigiar a febre.A Avó Lu,logo que soube,preparou a casa(a tua casa está em obras,há pó por todo o lado,isso pode prejudicar-te),mandou a cadela Jessy para a tua casa,para junto da Beca,queremos reduzir ao máximo as possibilidades de infecção.O prognóstico continua reservado,mas como tu tens superado todas as metas de forma surpreendente,tenho a certeza que vais vencer todas as próximas batalhas.Para quem só tinha 4 ou 5 dias de vida à chegada ao IPO no dia 22 Jan e já vai em 30 dias...Quem era suposto ir para casa só às 5 ou 6 semanas e foi às 4...

 

QUERIDA RITA

 

Fui buscar-te à escola às 15h45,já sabendo que a Marta iria reencontrar-te hoje.Como de costume,quiseste brincar com as tuas amigas e lá tive que esperar uma horita,mas só a alegria de ver a tua alegria compensa bem aquela horinha ali de pé,ao frio de Fevereiro.

Quando resolveste vir embora disse-te que tinha uma coisa muito importante para te dizer:que a Martinha vinha para casa hoje e que era preciso não nos admirarmos de ela vir sem cabelo para ela não ficar triste.Percebeste bem a mensagem e combinámos ir lanchar e comprar dois chapéus,um para ti outro para a Marta,um presente teu.Escolheste-os com muito amor,cor de rosa,lindos.E,na viagem para casa,transbordavas de alegria."É tão bom termos a Martinha",repetias sem cessar.

 

QUERIDA MARTA

 

Quando a Rita e eu chegámos a casa,já tu lá estavas.Começámos a gritar"Marta!Marta!" e subimos ao quarto onde estavas.Ia temeroso porque temia a tua reacção:era a primeira vez que a Rita te via sem cabelo!E,no entanto,o vosso sentido abraço uniu num só corpo uma grande e verdadeira amizade,o amor de irmãs separadas há quase um mês.Estavam tão contentes,que tu própria tiraste o chapéu,sem qualquer pudor,com a tua cabecinha careca totalmente à mostra...

Este primeiro dia foi de uma grande felicidade para ti.Mas,estás tão madura e realista,que,quando eu disse"Que bom,estares de novo em nossa casa",respondeste-me"Sim,mas é por poucos dias,tenho que voltar ao Hospital".O teu sofrimento ,mas a tua quase aceitação deste processo tão difícil,faz-nos a todos passarmos com dificuldade estes momentos.Digo-te,para que saibas,que regressaste a casa com tanta alegria...saltavas,brincavas,cantaste os "Parabéns a você" pelo teu regresso.E quiseste dormir com a Rita,lá as deitámos juntas,mas,depois de adormecidas,separámo-las porque receamos que a Rita te transmita algum contágio,que pode ser muito perigoso.Daqui até voltares ao IPO faltam 4 dias,4 dias que vamos usufruir da tua presença,mas que também a ti te farão muito bem,tão saudosa que estavas de ver e sentir as tuas coisas e ver a família toda junta.Vais-te safar,eu sei que sim.

 

publicado por avorui às 15:44
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Maio 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


.posts recentes

. Queridos Leitores

. QUERIDA MARTA

. Queridos Leitores

. Queridos Leitores

. Queridos Leitores

. QUERIDOS LEITORES

. QUERIDOS LEITORES

. Querida Marta

. Querida Marta

. QUERIDA MARTA

.arquivos

. Maio 2010

. Março 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

.tags

. todas as tags

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds